MST não convence

10 junho, 2008 at 9:48 pm 2 comentários

Representantes do Movimento dos Sem Terra estiveram presentes na Semana da Comunicação, realizada na Unisinos. Mediados pelos professores Thaís Furtado e Pedro Osório, a assessora de imprensa do movimento Raquel Casiraghi e o integrante Vicente Willes, contextualizaram o MST e suas estratégias comunicacionais.

Foto: Gabriel Gabardo

Tanto a jornalista responsável por assessorar as ações sociais do movimento, quanto o integrante mostraram-se conforatáveis diante do público massivo que se encontrava no Auditório Central do Direito. O ambiente de uma universidade particular não parecia intimidá-los. Porém, o perfil dos palestrantes não fez juz as imagens constatadas a princípio. As falas iniciais deixaram a desejar, assim como as respostas atribuidas as perguntas da platéia.

Parece que faltou entusiasmo, vontade de apresentar o MST a um universo tão diferente dos acampamentos sem terra.  Raquel Casiraghi apenas contou que existem veículos alternativos que divulgam o movimento, mas não convenceu de que essas mídias funcionam como divulgação da causa. Ironizou com pequenos discursos como: “não é distribuindo panfletos na Esquina Democrática que mudaremos alguma coisa”, mas não apontou estratégias comunicacionais e até mesmo práticas para que mudanças aconteçam.

A assessora do movimento e Vicente Willes, ressaltaram que “a comunicação é vista pelo MST como instrumento da luta pela terra. Não só da posse, mas da nova concepção a ser construída sobre reforma agrária”. Entretanto, apenas atiraram esse fato àqueles que os assistiam. Aliás, o público massivo do início da palestra, foi reduzido durante toda a apresentação, poucos alunos ficaram até o final. Uma manifestação que aponta insatisfação e propõe que o perfil dos palestrantes está longe de ser comunicativo, e tão pouco convincente.

Anúncios

Entry filed under: Jornalismo Online. Tags: , , , .

Mapa Experience Mocinhos ou vilões?

2 Comentários Add your own

  • 1. Mocinhos ou vilões? « Neverland  |  10 junho, 2008 às 9:54 pm

    […] A palestra firmou polêmicas desde sua divulgação. O jornalista Políbio Braga chegou a travar uma batalha verbal com a Assessoria de Imprensa da Unisinos em seu site na web. Enquanto Políbio contestava a entrada de movimentos sociais de esquerda em uma universidade particular, a Assessoria da instituição contra-atacava argumentando que “a Unisinos orgulha-se de ser um ambiente de discussão e pluralidade, onde não há espaço para preconceitos”. Seja pela polêmica estabelecida, afinidades ou curiosidade, nenhuma cadeira ficou vazia durante a apresentação do MST. No palco, mediados pelos professores Pedro Osório e Thais Furtado, estavam a assessora de imprensa do movimento Raquel Caziragui e o integrante Vicente Willes. […]

    Responder
  • 2. Prefeituras discutem Comunicação « Daniela Machado  |  10 junho, 2008 às 9:58 pm

    […] de quarta-feira (04/06) no Auditório Pe. Bruno Hammes, foi o evento mais esperados da semana, depois da palestra do MST. O espaço ficou lotado e contou com uma grande participação dos alunos de jornalismo. […]

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


junho 2008
D S T Q Q S S
« maio   dez »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Categorias


%d blogueiros gostam disto: