Um mistério chamado amor

16 abril, 2008 at 5:03 pm Deixe um comentário

Alguém sabe me explicar o que é o amor? Os sintomas sim… Sei. Eu já senti o coração apertado e acelerado; aquele friozinho na barriga. Também já vi o amor nos olhinhos brilhantes do rapaz na mesa do bar, nos suspiros da minha vizinha, no sorriso contagiante da moça que atravessou a rua de mãos dadas com um menino espevitado. Alguns dizem que é uma reação química, outros optam por poesia.

Definitivamente, todas as pessoas já foram aconselhadas ou aconselharam, quando o assunto é ele. Muitas desenvolveram teorias que nunca colocaram em prática, mas juraram que funcionava. Outros ouviram atentamente, prometeram seguir o conselho, mas fizeram tudo ao contrário. Em matéria de relacionamentos amorosos, no fim das contas, conselhos, sugestões e explicações acabam desperdiçados.

E porque se relacionar é tão complicado? Porque paixões, amores, desejos incontroláveis desaparecem sem nem deixar uma explicação? Os especialistas respondem há todo momento, questões como essa, mas me diga qual coração apaixonado se convenceu com as respostas? Qual amante desvairado realmente acreditou que seus problemas tinham solução?

amorArrisco a dizer que isso jamais vai acontecer. Por mais racional e sensato que se seja, em matéria de amor, nunca se encontrará algo que faça sentido. O amor é um sentimento que deixa os seres humanos num estado de espírito inexplicável. E os relacionamentos, infelizmente ou felizmente, não possuem fórmulas.

Um relacionamento pode até ter tentativas de pequenos passos a serem seguidos, mas o imprevisível está sempre ali, fazendo com que esses passos não se repitam. Afinal, são tantas as trilhas sonoras a serem dançadas.

Talvez, o amor seja um constante mistério. Um mistério que se for desvendado não terá mais graça. E por isso, se eu pudesse dar um conselho diria: viva esse sentimento com toda sua intensidade, não permita que ele passe pela sua vida sem ser desfrutado de corpo e alma. O risco de não ser pra sempre, vai existir sempre. Mas no fim das contas, você descobre que vale a pena tentar desvendar aquilo que chamam de amor!

Anúncios

Entry filed under: Meus contos de fada. Tags: , , .

Verdão não quer Paulo César nem na final Conhece Isabella?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


abril 2008
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Categorias


%d blogueiros gostam disto: